quinta-feira, 15 de maio de 2008

Matemáticas

Todas as funções foram ao baile anual das funções, festa obrigatória para todo o jet set desta área.
No meio de muita alegria e animação, o logaritmo e o seno notaram que uma função passeava sozinha pelo jardim, com o ar mais infeliz do mundo.
Apesar de não a reconhecerem de onde estavam resolveram chegar-se ao pé dela para saber se ela estaria com algum problema.
Quando se aproximaram repararam que se tratava da exponencial, conhecida de longa data do logaritmo apesar das divergências entre eles:
'que se passa para estares aqui sozinha e não lá dentro com os outros?'
' ahh, é a minha triste sorte, o que é que queres?
Eu já me tentei integrar mas fico sempre na mesma!'

A função constante e a exponencial em x andavam a passear pela baixa de Lisboa, a ver as montras, quando avistaram ao longe numa sapataria a derivada. A função constante prevendo a sua desgraça tratou de se esconder o mais rapidamente possível, mas a exponencial, com a sua mania de mostrar que é intocável resolveu enfrentar a derivada:
' Olá olá...Ora viva, senhora derivada! Eu cá sou a exponencial de x!'
'Olá bom dia, eu sou o dy...'

Ia um homenzito a passear de balão, vem uma trovoada e o homem perde-se...
Anda um bocado à deriva e de repente vê outro homem lá em baixo e diz-lhe:
'Ehhh!!! Você sabe onde é que eu estou?'
O homem cá de baixo, pensa um bocado e responde-lhe: 'Atão... Você está no balão!"
O home do balão pensa .O (Pôxa!!! Com tanta gente no mundo tinha de me calhar logo um matemático!!!!")
Sabem porque é que era um matemático?
1. Porque pensou antes de responder!
2. Porque respondeu acertadamente!!!
3. Porque a resposta não serviu para nada!!!

Um engenheiro, um matemático e um físico são condenados por um crime que todos juntos cometeram e são mandados para a prisão, em celas separadas!
Ao fim de uma semana o engenheiro consegue montar uma bomba de fabrico artesanal que teve força suficiente para arrombar a porta e foge.
Quando chegam os guardas encontraram a cela vazia.
Passados mais uns dias também o físico com um sistema de forças por ele estudadas consegue fazer com que porta se abra e foge.
Da mesma forma os guardas quando vão à cela encontraram-na vazia.
Sabendo que o matemático também fazia parte do grupo e temendo que também ele tivesse fugido, foram até à cela dele para montar um sistema de vigilância mais apertado.
Quando lá chegaram, encontraram folhas e folhas de papel cheias de cálculos, assim como paredes e chão completamente escritos, enquanto o matemático gritava:
'Yessssssss!!!! Consegui!!!!!! Conseguir provar!!! A porta existe!!!

Num baile onde apenas eram admitidos asteriscos (*), aparece um ponto final (vírgula).
O porteiro...cumprindo ordens chega-se ao pé do intruso e diz-lhe o mais polidamente possível que aquela festa tem acesso reservado apenas a asteriscos e que como tal terá que se retirar.
Resposta do ponto final (vírgula):
´Epá...já um gajo não pode usar gel que o confundem logo!!!

O seno e o coseno andavam perdidos de amor um pelo outro.
Um dia, andavam a curtir no departamento de matemática, o seno propôs ao coseno irem para um local mais privado. E foram para a casa de banho. Fecharam-se lá dentro, e começaram a fazer um autêntico bacanal a 2. Beijos daqui, abraços dali, penetrações acolá, os dois a arfar, a rebolar, a gemer...
Estava o seno por cima do coseno, quando batem à porta:
Tangente! ...Respondem os dois em uníssono.

Rui Lacerda

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...