segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Idosas trepam a árvore para fugir a touros bravos

Duas idosas, uma com quase 80 anos, que estavam a trabalhar num olival foram obrigadas a subir a uma árvore, onde ficaram durante mais de seis horas, para fugir a vários touros que andavam à solta.

O jornal conta que só à noite, quando as famílias estranharam a ausência das idosas, foram resgatadas pela GNR que teve mesmo que usar um tractor.

O caso aconteceu em Vila Verde de Ficalho (Serpa) e, segundo o jornal, o gado bravo, pertencente a uma ganadaria, vem semeando o pânico entre as populações mais próximas, tendo já levado o deputado do PCP eleito por Beja a questionar o Ministério da Agricultura.

O presidente da Junta de Sobral da Adiça, João Dinis, explicou que, «quando se acaba o pasto, a cerca é aberta e o gado anda por aí à vontade nos terrenos de outras pessoas, a provocar problemas e medo a quem trabalha no campo. Já ninguém se pode distrair, porque a qualquer momento aparece um touro», alerta o autarca.

Com o autarca de Vale de Vargo, José Tagarroso, tem feito chegar várias queixas às autoridades. «Ninguém tomou medidas. A qualquer momento pode acontecer ali uma tragédia», referiu.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...